Publicações 

O ADVOGADO CRIMINALISTA

 

Nestes últimos anos muito tenho refletido a respeito da advocacia criminal. O exercício da defesa, o que é garantido constitucionalmente pela Carta Republicana, não é tarefa das mais fáceis.

No apagar das luzes do ano pretérito, ano que por alguns chegou a ser Comparado com a Era das Trevas, o advogado chegou ao ponto de ser Confundido com o acusado.

 

Tal confusão direcionada intencionalmente não traduz o pensamento somente do presente, ao contrário, remonta um passado longínquo em que defender o delinquente era fazer parte da criminalidade e, esta concepção perdura até os dias de hoje.

Não há como deixar de revisitar Carnelutti e afirmar que ele nunca esteve 
em tamanha evidência quando afirmou: “ A essência, a dificuldade, a nobreza da advocacia é esta: sentar-se sobre o último degráu da escada ao lado do acusado”.

 

O terreno do direito criminal é por demais arenoso. Existe uma linha divisória do advogado criminal que é por demais tênue: A prisão e a liberdade; a culpa e a inocência.

Neste conflito de interesses que será sempre qualificado, haverá de um lado uma acusação e de outro, a defesa e, neste contexto o Criminalista, na maior parte das vezes, é confundido com o criminoso. Ele, o advogado criminalista não defende o crime mas, sim, o direito de defesa do acusado valendo-se de todos os direitos e garantias constitucionais.

 

Por mais que se queira discriminar e criminalizar o advogado, ele sempre será, no dizer de Heleno Claudio Fragoso, o “raio de luz, a janela da esperança que se abre, o único que verdadeiramente pode trazer ajuda e ânimo. Por isso mesmo, defender é muito mais que redigir petições e recorrer. Na defesa criminal o advogado tem que revelar amor e compreensão pelo ser humano em desgraça e também dedicação ao serviço dos outros”.

 

Para o Criminalista, não basta tão somente o ser humano, mas a essência do ser humano e a vontade desenfreada de buscar e alcançar a verdadeira JUSTIÇA.

Please reload

© 2014 Todos os direitos Reservados - José Renato Martins Advogados

3441-1300

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram - White Circle